Inflexão ultraliberal e dinâmica federativa no Brasil

  • Aristides Monteiro Neto Instituto de Pesquisas Econômicas Aplicadas, Brasil
  • Danilo Jorge Vieira Instituto de Pesquisas Econômicas Aplicadas, Brasil
Palabras clave: Federalismo, Dinâmica federal, Instituições federais, Neoliberalismo
  • Ingresos a esta página - 0 veces.
  • Galeras de PDF descargadas - 0 veces.

Resumen

A sociedade brasileira vivencia atualmente um novo ciclo histórico desafiador, deflagrado na segunda metade da década passada, cuja característica mais relevante é a retomada da agenda de reformas neoliberais dos anos 1990 em bases ainda mais amplas e sistêmicas, conformando o que tem sido denominado de inflexão ultraliberal – conceito que faz referência ao sentido do processo (inflexão) e, ao mesmo tempo, ao seu conteúdo (ultraliberal). O objetivo do artigo é discutir as implicações dessas transformações para o regime federativo do país. O argumento principal é que a inflexão ultraliberal, a partir de 2015, tem alterado elementos-chave do sistema federal brasileiro, engendrando, com isso, uma nova dinâmica federativa, bastante distinta daquela que prevaleceu desde a Constituição de 1988.

Publicado
2022-06-30