Experiência e juventude profissionais no contexto curricular da Universidade Nova: perfil docente frente a proposta de inovação curricular

  • AMANDA REZENDE COSTA XAVIER UNESP - UNIFAL
  • Maria Antônia Ramos de Azevedo GEPPU/UNESP - DOFPPEN/UNESP
  • Lígia Bueno Zangali Carasco UNESP
Palabras clave: Inovação curricular e pedagógica · Perfil docente · Universidade Nova
  • Ingresos a esta página - 107 veces.
  • Galeras de Texto Completo descargadas - 137 veces.

Resumen

Este artigo tem o objetivo de retratar o perfil
de docentes universitários que têm vivenciado um
contexto específico de inovação curricular, o modelo
curricular da Universidade Nova. A partir de um estudo
qualitativo focalizado, em um campus de uma universidade
federal brasileira que nasceu sob a proposta de
inovação curricular referida, o presente estudo traz a
identificação de uma heterogeneidade na composição
do corpo docente de um curso de graduação decorrente
do modelo curricular da Universidade Nova, o
Bacharelado Interdisciplinar. Evidencia-se que essa
heterogeneidade percorre desde a faixa etária dos
docentes, até a formação inicial e tempo de experiência
na docência, fazendo com que experiência e juventude
profissionais coadjuvem em mesmo contexto. Concluímos
que a presença de um corpo docente heterogêneo,
com diferentes tempos de experiências profissionais,
pode contribuir para a efetivação da inovação
pedagógica, bem como pode servir de entrave para que
mudanças aconteçam na universidade, opções essas
que dependerão de como os docentes ressignificarão
suas práticas pedagógicas.

Descargas

La descarga de datos todavía no está disponible.

Biografía del autor

AMANDA REZENDE COSTA XAVIER, UNESP - UNIFAL

Doutoranda em Educação
pela Universidade Estadual
Paulista, na linha de pesquisa
Linguagem-Experiência-
Memória-Formação. Membro
do Grupo de Estudos e
Pesquisas em Pedagogia
Universitária - geppu, da unesp
(Rio Claro, sp), registrado no
Diretório do cnpq. Atualmente
é Pedagoga da Universidade
Federal de Alfenas (unifalmg),
no Campus Avançado
de Poços de Caldas.Possui
graduação em Pedagogia pelo
Centro Universitário do Sul de
Minas (2006) e especialização
em Gestão Escolar e
Coordenação Pedagógica pela
Universidade Gama Filho
(2010). Psicopedagoga pela
Faculdade Integrada da Grande
Fortaleza (2012). Mestre em
Educação pela Universidade
Estadual Paulista (2014), na
linha de pesquisa Formação de
Professores e Trabalho Docente.

Maria Antônia Ramos de Azevedo, GEPPU/UNESP - DOFPPEN/UNESP

Possui graduação em
Pedagogia pela Pontifícia
Universidade Católica de São
Paulo (1989); Mestrado em
Educação pela Universidade
Federal de Santa Maria (1997);
Doutorado em Educação pela
Universidade de São Paulo
(2009); e Pós-Doutorado (2011)
em Pedagogia Universitária
na Universidade do Vale do
Rio dos Sinos (unisinos). É
vice-diretora do Instituto de
Biociências da Universidade
Estadual Paulista unesp,
Campus de Rio Claro. É
líder do Grupo de Estudos
e Pesquisas em Pedagogia
Universitária (geppu/unesp)
e membro dos Grupo de
Pesquisa Docência, Formação
de Professores e Práticas de
Ensino (dofppen/unesp)
e Grupo de Pesquisa em
Formação de Professores,
Ensino e Avaliação (unisinos),
todos certificados no cnpq.

Lígia Bueno Zangali Carasco, UNESP

Possui graduação em
Pedagogia pela unesp -
Universidade Estadual Paulista
Júlio de Mesquita Filho
Instituto de Biociências (2005).
Pós-Graduação em Gestão
Educacional pelas Faculdades
Claretianas de Rio Claro.
Mestre em Educação pelo
Programa de Pós-Graduação
da Unesp de Rio Claro na
linha de pesquisa: Linguagem
- Experiência - Memória -
Formação, concentrando
a pesquisa na Pedagogia
Universitária. Doutoranda
em Educação pelo Programa
de Pós-graduação da Unesp
de Rio Claro. Diretora de
escola desde 2010 na Rede
Municipal de Rio Claro,
sp. Desde 2013 atua como
formadora do Programa Pacto
pela Alfabetização na Idade
Certa (mec) no Município de
Rio Claro.

Publicado
2018-04-24
Cómo citar
XAVIER, A., Ramos de Azevedo, M. A., & Bueno Zangali Carasco, L. (2018). Experiência e juventude profissionais no contexto curricular da Universidade Nova: perfil docente frente a proposta de inovação curricular. Itinerarios Educativos, (10), 40-55. https://doi.org/10.14409/ie.v0i10.7212
Sección
Investigación y/o extensión